Categoria: Corporal - Data: 15/07/2011 - Visitas: 1467

Terapia das pedras quentes

A terapia com pedras quentes é um tipo de massagem que utiliza pedras quentes e frias de acordo com a necessidade do paciente. No Ocidente este é um conceito moderno, pois sua regularização na Europa e nos EUA existe há apenas oito anos, mas existem referências do seu uso já no Egito Antigo e no Tibet.
A técnica é uma herança do shiatsu e da massagem sueca, somado às teorias de moxa, técnica oriental que usa a termoterapia para curar, os conhecimentos geoterapia e massoterapia. As pedras utilizadas podem ter formatos, texturas, tamanhos e cores diferentes, mas em geral são de superfície macia e própria para deslizar sobre o corpo, elas são aquecidas e embebidas em óleos essenciais. São dois os tipos de pedras utilizadas, as semipreciosas (como ágatas) são mais cristalinas e retêm melhor o calor sendo colocadas fixamente em pontos de abertura de energia do corpo; e as pedras não preciosas (como basalto de amidalóide, mais conhecidas por pedras de rio) que são deslizadas pela musculatura passando pelos principais canais energéticos do corpo. De quinze em quinze dias essas pedras ficam expostas dia e noite a sol, chuva, vento e outros fenômenos naturais para reporem suas energias.
Essas pedras (vulcânicas, plutônicas e sedimentares) podem trazer uma herança energética de milhões de anos que quando aquecidas (50°C) são liberadas sobre os chacras (pontos energéticos do corpo) sendo um estímulo para a movimentação da energia do corpo, age como uma ginástica vascular no sistema circulatório criando respostas sedativas e reenegizandora no organismo, além disso, a piezoelétrica (energia gerada da fricção das pedras no corpo) diminui inflamações, melhora a regeneração celular e a eliminação de toxinas, o que é muito indicada no tratamento anticelulite.Em uma sessão, que dura em média 1h15, são utilizadas cerca de 55 pedras.
O tratamento é indicado para quem tem dores musculares, sente corpo cansado, esta sob efeito do estresse físico ou mental e TPM. A técnica também auxilia na perda de peso, pois já na antiguidade, monges tibetanos usavam este método para controlar a fome quando entravem em jejum.
Usada com regularidade, o indicado é três vezes por semana, a terapia também melhora o humor e diminuem a ansiedade.



 





Este site obteve 84482 acessos de 09/08/2010 - Página gerada em 0.11 segundo(s)

WEB HP - DESENVOLVIMENTO WEB